quarta-feira, 14 de março de 2012

As músicas da igreja

Essa é uma parte muito gostoso do casamento: a escolha das músicas. Eu e Mateus fizemos uma seleção muito especial, que tinha tudo a ver com a nossa história. Pena é que a noiva não pode acompanhar

Entrada do noivo  + padrinhos: "She" (para ver o clipe, clique aqui.)
Mateus ama essa música, eu também. Quando falamos com os músicos eles disseram que seria legal ele entrar ao som de She, pois era como se ele estivesse cantando para mim, esperando por mim no altar. Pena que não vi!

Entrada dama de honra: "Coração de Papelão" (vale lembrar o clássico da infãncia, clicando aqui.)

Entrada da noiva: Puxa essa eu não tenho como mostrar para vocês. No dia que nos encontramos com os músicos, na verdade, eram duas muheres, a cantora e a pianista, elas nos deram uma sugestão muito legal: fazer uma mistura das duas mais conhecidas, a de Mendelssohn e a de Wagner. Eu adorei!

Juramento "Un vestido y un amor" (Grande Fito Paez, aqui)
Essa música pode até ser considerada nossa música tema! Ela diz muito sobre o momento que nos conhecemos...

Entrada pajens e avós (alianças): Fantasma da Ópera (amo a verão em português também, aqui)
Esse foi outro momento muito emocionante, coração acelerado e lágrimas nos olhos. Difícil segurar a emoção ao ver a minha vó entrando com o Fred, meu sobrinho e com a minha sobrinha, Maria Clara e a vó do Mateus com o priminho dele, o Enrique.

Benção das alianças: Ave Maria de Gounod (essa é a versão que eu mais gosto, aqui)
Minha mãe sempre chora na Ave Maria. É mesmo de arrepiar

Benção Nupcial: Eu sei que vou te amar (tem como não amar? Aqui)

Assinatura dos padrinhos e fotos: Pra você guardei o amor (aquela bem fofinha do Nando Reis. Aqui)

Padrinhos civil: Over the Rainbow (uma batidinha reaggue delícia, aqui)
Como o altar era pequeno, nossos padrinhos do civil entraram no cortejo, sentaram no primeiro banco e foram chamados para assinar os papeis.

Saída: devidamente copiada do casamento do Gerdano e da Laura, que casaram na mesma igreja (ahãm, bem cara de pau) Dirty Dance (e uma singela homenagem a madrinha Kaká que sempre amou a música e o filme). Vem ver aqui.
Eu e meu marido saímos dançando da igreja. Sem mais! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário